Ecobraz Emigre

Search
Close this search box.

Importância da Reciclagem

img-1

Quando determinados materiais e itens já não possuem mais serventia ou já terminaram suas vidas úteis, o ideal, é que eles sejam descartados de forma correta, de modo, que passem pelo processo de reciclagem, onde ocorre a devida transformação dando origem a novos produtos ou até mesmo retornando ao seu estado de matéria-prima. Mas afinal, você sabe qual é a importância da reciclagem?

Por que será que essa transformação de resíduos é tão falada e também tão importante para o nosso planeta? E será que esse processo contribui apenas para o meio ambiente? Encontre essas e outras respostas nos tópicos a seguir:

Importância da reciclagem:

Tendo em vista que desde os primeiros registros de vida na Terra, até os dias atuais, assim como houve o crescimento da população, ocorreu também o aumento da produção de resíduos, surgiu a necessidade gritante de dar o devido fim a esses elementos, mas de uma forma que causasse o mínimo de dano possível ao meio ambiente.

Deste modo, quando fazemos a reciclagem de resíduos, damos uma nova função aos materiais, e consequentemente, contribuímos para conservação ambiental também. Aliás, esse é o método mais eficaz de proteção da nossa biodiversidade e também dos recursos naturais do nosso planeta, você sabia disso?!

Utilizemos como exemplo, o papel. Quando o reciclamos, fazemos com que a sua produção seja menor e consequentemente que ocorra a redução da derrubada das árvores também, que são as suas matérias-primas. Além disso, ocorre a preservação de muitas espécies de animais, tendo em vista, que diversos deles fazem das árvores as suas moradias.

Qual a importância da reciclagem para a sociedade?

Quando a prática da reciclagem é adotada, diversos “públicos” são beneficiados, e é claro, que a nossa sociedade como um todo está entre eles, afinal, é preciso que a reciclagem ocorra para que a sociedade possa se manter sustentável.

Veja a seguir, alguns exemplos específicos que comprovam tal importância:

  • Redução da emissão dos gases responsáveis pelo efeito estufa;
  • Redução drástica no gasto de energia;
  • Redução drástica no gasto de água;
  • Redução de gastos com os aterros sanitários;
  • Preservação das fontes de matéria-prima e da natureza como um todo.
  • Geração de empregos em diferentes setores e processos.

O que o planeta ganha com a reciclagem?

Como importância da reciclagem para o planeta, podemos citar, a contribuição para que haja a redução dos desastres naturais, tais como: contaminações de mares, rios e solos, e também diminuição das enchentes. Sendo assim, pode-se dizer que a reciclagem é um ciclo de benefícios.

Mas não para por aí, vale lembrar ainda, que quando ocorre a reciclagem, ocorre também a redução de impactos ao meio ambiente em relação a decomposição, afinal, existem diversos materiais que levam bastante tempo para se decompor na natureza.

Quais são os impactos positivos da reciclagem?

Como mencionado anteriormente, a reciclagem é um ciclo de benefícios, os quais começam no meio ambiente, tendo em vista que ocorre uma série de impactos positivos, tais como: aumento da vida útil dos aterros sanitários, redução do consumo de energia (na produção de produtos), diminuição do desperdício, redução de depósitos clandestinos e minimização do aparecimento de vetores que se alimentam de resíduos.

Mas não para por aí, onde ocorre a reciclagem, também ocorre a geração de empregos. Nesse sentido, podemos afirmar que acontece a geração de renda através da comercialização dos recicláveis e também o aumento da renda dos catadores e com isso, o estímulo para que haja uma coleta ainda maior e mais seletiva, bem como, o incentivo às cooperativas deste ramo também.

Quais materiais podem ser reciclados?

Geralmente, aqueles itens que podem ser reciclados apresentam o símbolo da reciclagem (três setas formando um triângulo) em sua embalagem. Alguns deles ainda, sinalizam, também na embalagem, qual é a cor da lixeira seletiva em que eles devem ser descartados, muito comum na embalagem de alimentos, por exemplo, você já reparou?

Papel/papelão

As lixeiras de cor azul são responsáveis por receber os resíduos de papel e papelão. Na reciclagem os papéis são triturados e em seguida, misturados com água, formando assim, uma espécie de pasta, que posteriormente, dará origem a novas folhas de papel. Por semelhante modo o papelão, no entanto ele passa por um processo a mais, na peneira, onde ocorre a separação e a retirada de todas ass impurezas como fitas adesivas e metal, por exemplo.

Plástico

Descartados nas lixeiras vermelhas, os plásticos que já não possuem mais utilidade, quando passados pelo processo de reciclagem, são transformados em pequenos grânulos que serão responsáveis pela produção de novos materiais, tais como: peças de automóveis, mangueiras, pisos, embalagens não-alimentícias, sacos de lixo e etc.

Vidro

Tem a lixeira de cor verde, como destinada ao seu descarte. Já no processo de reciclagem, os vidros inteiros e também os resíduos provenientes de objetos quebrados, são lavados, triturados, aquecidos e fundidos a uma temperatura superior a 1300 °C, para que possam dar origem a novos itens de vidro.

Metal

Podendo ser descartados nas lixeiras amarelas, os metais inicialmente passam pelo processo de fusão através da trituração, feito isso, eles podem ser derretidos utilizando bem menos energia. Geralmente, se originam folhas e também blocos de aço, a partir desse processo.

Orgânico

Descartados nas lixeiras de cor marrom, os lixos orgânicos possuem origem biológica e vem de matéria viva, nesse sentido, o que se sugere é que não há reciclagem para esse tipo de resíduo, no entanto, eles podem sim ser reciclados sim, dando origem a outros itens como ração de animais, por exemplo.

Essas são as cores mais comuns de lixeira seletiva, você já observou em que pontos da sua cidade elas estão? Elas são posicionadas principalmente em escolas, faculdades, parques, entre outros espaços públicos.

E vale lembrar ainda que existem as lixeiras laranjas para resíduos perigosos, a branca para resíduos ambulatoriais e de saúde, a roxa destinada a lixos radioativos, a marrom para resíduos orgânicos e a cinza destinada aos resíduos gerais não reciclável, misturado, ou contaminado, fazendo com que seja impossível a separação.

E no caso dos lixos eletrônicos, você já sabe né? Conte com a Ecobraz Emigre para um descarte seguro e reciclável do eletrônico que chegou ao fim da vida útil.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compensar sua emissão de CO2 com o projeto de Reciclagem de Eletrônicos da Ecobraz Emigre pode ser benéfico por várias razões: